Agora no Chalé Mineiro, o pé de Valsa

23 de dezembro de 2010 Deixe um comentário

No episódio anterior nosso “herói” se encontrava no albergue La em Casa esperando os dias necessários para poder continuar sua viajem rumo as praias de Natal-RN,porém , o albergue cenário do episódio passado irá fechar para Natal(data) , assim sendo , eu , vosso “herói” teve que sair hoje cedo para procurar um novo hostel.

E felizmente eu encontrei um novo albergue, o Chalé Mineiro , cerca de 20 minutos do anterior . Lá conheci dois paulistas que vieram para BH para conhecer os grupos de dança de salão daqui , que segundo eles são uns dos melhores do Brasil. Nesse ,momento eu disse :

-Velho ! Eu adoro dançar também ! Que legal!

Portanto, hoje a noite eu vou conhecer uma balada de forro que parece ser muito boa , que fica no bairro Nova Lima , 25 minutos de carro do hostel que eu estou , que aliais fica no bairro Santa Efigênia que possue fácil acesso pelo metrô (mas que na verdade é um trem ), vai entender os marqueteiros da prefeitura .

Hoje eu também consegui comprar a passagem para Natal-RN, custou R$ 343,00 , com tempo previsto de 32 horas. Então amanhã as 22:40 estou partindo para Natal. No final passarei o Natal na estrada .

Abraço pessoal ,

Anúncios
Categorias:mochiloes Tags:

La em Casa …

22 de dezembro de 2010 1 comentário

Muito bem amigos … parece certo agora . Terei que passar o  Natal em algum albergue , se ouver algum aberto aqui em Belo Horizonte. Todas os carros que saem hoje da rodoviária de BH com destino  as Capitais do Nordeste estao lotados , nem uma unica poltrona vaga .

Terei que esperar os onibus de sexta-feira, dia 24 , com uma expectativa de 38 horas de viagem estarei chegando em Natal no dia 26 . Pelo menos vou aproveitar o ano novo com minha família.

Encontrei um albergue bem legal, chamado La em Casa , uma casa gostosa , meio rustica mas muito confortavel. O dono e o Chris, um frances que ja morou no Rio de Janeiro e em Sao Paulo. A diaria no quarto coletivo divido entre 4 pessoas sai por R$ 35,00 , um preco que vale levando em consideracao os precos dos hostels no Brasil .

Vou aproveitar que fiquei preso em BH para conhecer melhor a cidade, quem sabe eu visito a UFGM e encontro o Tulio Viana para bater um papo. Eu sou fan desse cara .

Agora eu vou arrumar as minhas coisas e tomar um banho . A pior coisa da rodiviaria e o banheiro : e pago e e uma porcaria , parece o banheir do boteco onde eu como fejuka com os amigos.

Abracos e ate breve.

Categorias:mochiloes Tags:

Toda vez que eu consigo perder tempo na Internet eu me surpreendo!

3 de junho de 2010 Deixe um comentário

Hoje , feriado de Corpus Cristi, pude perder algum tempo mexendo na internet. Tinha que organizar alguns projetos virtuais. Como uma comunidade no orkut do Cursinho Popular Laudelina, no qual estou dando aula de física. Pesquisando material eletrônico encontrei na verdade uma nova concepção de cultura socio-virtual.

Encontrei dois caras , cada qual com seu vblog, com opiniões muito contudentes, quando não propositivas  engraçadas ao menos. Um é o desce a letra e o outro é maxpoxavida. O que me impressionou foi a qualidade , tanto grafica quanto de edição. Qualidade que não encontramos em canais televisivos institucionais, inclusive na mídia internacional.

Mas não só de coisas alternativas vive a internet. Nessa busca por material encontrei um vídeo americano produzida pela fundação Tide. Que “conta” como acontece a nossa relação com o ciclo produtivo e como isso afeta nossa vida de diversas maneiras.

Muitas vezes vemos com preconceito o uso das redes sociais e novas mídias, mas isso reflete nossa falta de habilidade em usar todo potencial dessas novas ferramentas. Universidades, escolas e empresas deveriam abrir o uso de ferramentas como : Orkut e Youtube , associado a um projeto de capacitação e conscientização do seu uso.

Dizer a verdade é … é tão absurdo quanto dizer a cor dos olhos de Deus é.

17 de fevereiro de 2010 Deixe um comentário

O Problema não são as verdades embaraçosas, mas sim como alguns jornalistas e outros ingênuos as usam como suporte de mentiras absurdas.

Ontem eu estava assistindo a um programa chamado :  “entre” . Dois historiadore falavam sobre mitos da história, um deles estava contando como em Minas Gerais, na época do Império , existiam alguns negros alforriados que possuiam escravos. Isso é verdade , por diversos  motivos próprios da região e da época , mas o que me incomodou foi o início da construção da argumentação de que o preconceito e a discriminação economico-racial dos negros é algo inventado . Isso é uma mentira ! Construida com a ajuda de uma verdade .

Categorias:Uncategorized

Será que nós só temos duas escolhas, ou somos elitistas ou discutimos disputa de classe

16 de fevereiro de 2010 Deixe um comentário

A esquerda brasileira vem criticando o papel do PT e do próprio presidente Lula, principalmente a partir do segundo mandado. E por quê ? Porque dissem não haver enfoque na discussão a cerca sa disputa de classe? Mas o que eu vejo é uma retórica artificial e retrograda. Que busca fazer um debate artificial com uma grande porcentagem de subproletáriados, ou seja, pessoas que nunca foram sindicalizados , nunca tiveram uma representação , nunca tiveram a chance de sentir defendidos pelo o que quer que seja, ai então queremos fazer um discussão a respeito da disputa de classe.

Em contrapartida, a  direita, mais especificamente a direita de paulista ,nos oferece um discurso  assustador, baseado em argumentos preconceituosos, endogamicos e alienados querem ainda fazer valer tradição PSDBista. Mas a verdade é que as condições para para o crescimento industrial e do comercial nunca foi tão propicio.Isso nos retorna a uma questão atual:  Serra não é um líder nem um gestor, e só ocupa o espaço que ocupa pela incapacidade da direita de produzir quadros.

Devemos garantir um estado forte que garanta  o direito à educação, justiça e saúde de todos de maneira igualitária.  Fortalecendo a industria nacional, centros de pesquisa, universidades e a própria conceituação de individuo público.  Assim quando surgirem as crises, e elas irão surgir poderemos fazer o debate e as discussãoes com uma sociedade mais igualitária e menos preconceituosa.

Categorias:droops_política

Pontos Criticados do 3º PNDH são na verdade suas qualidades

7 de fevereiro de 2010 2 comentários

O 3º Plano Nacional de Direitos Humanos apresenta propostas que ao meu ver são avanços para os direitos civís. Entre as mais polêmicas está a DEScriminalização do aborto, a união civil entre pessoas do mesmo sexo, direito de adoção por casais homoafetivos e a proibição da ostentação de símbolos religiosos em estabelecimentos públicos da União.

Esses pontos vem sendo alvo de críticas de alguns grupos vinculados a instituições religiosas, entre eles CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), os quais através de um dicurso confuso  acusa de “… métodos autoritários…” as novas propostas e ainda diz que  “…com muitos sacrifícios nos libertamos ao restabelecer a democracia no Brasil na década de 80”, como se fossem anti-democráticas as propostas ou a maneira como foram elaboradas. Porém versão preliminar da 3º PNDH esteve disponível durante 2009 para sugestões e críticas, além dela própria ser fruto de cerca  50 conferências nacionais, realizadas desde 2003.

Se uma jovem de família rica acha que uma gravidez indesejada irá atrapalhar seus planos de carreira ou de vida, basta à ela comprar uma passagem para algum dos países onde o aborto é legalizado , pagar a operação e voltar para o Brasil quando recuperada, enquanto isso as mulheres pobres são obrigadas a arcar com os custos financeiros e emocionais de uma gravidez, muitas sem o apóio familiar ou do parceiro.

Mesmo com a descriminalização do aborto muitas mulheres continuariam enfrentando o desafio da maternidade, mesmo em condições adversas, pelo prazer de ser mãe. A mudança na lei daria as mulheres algo que é delas por direito, autonomia sobre o próprio corpo. A descriminalização do aborto é um passo importante para minimizar as desigualdades socias e midigar os danos que a nossa sociedade machista causa as mulheres, passo este que já estamos atrasados em dar.

Viajem de Férias: 3 corações , o início de tudo

20 de outubro de 2009 2 comentários
O grupo completo , pronto para começar a viajem

O grupo completo , pronto para começar a viajem

Era dia 12 de julho, o relógio da Rodoviária de Três Corações marcava 13:20,  eu e Francisco Chocolate ainda sentiamos o cansaço da viagem de quase seis horas entre São Paulo e Três Corações  e da noite mal dormida.  Ainda faltava 40 minutos para hora prevista da chegada do ônibus do João e  da Sara , vindo do Rio de Janeiro, precisavamos encontrar algo para ocuparmos-nos  até a chegada de nossos companheiros de viajem. Chocolate foi dar uma volta pela rodoviária, apesar de que apenas um giro de cabeça serviria para a tarefa.  Quando ele voltou fui informar-me a respeito dos ônibus para São Thomé das Letras e fiquei sabendo que  haveria um  transporte para São Thomé as 16:00  e as 18:00 , e depois disso só no dia seguinte, portanto não haveria muito tempo livre naquele que seria o início de tudo. 

Logo eles chegaram, e depois do reeencontro resolvemos andar pela cidade, mesmo porque João queria pegar carona para chegarmos no destino próximo, ficamos sabendo que o melhor lugar para se pegar carona era a saída da cidade sentido a São Thomé. A  Rodoviária principal da 3 Corações fica em uma região mais baixa do que o centro da cidade , logo saindo da rodoviária vemos a ponte e o rio que marcam a entrada da cidade. Nesta região mais baixa é onde se encontra a praça do Pelé . Praça em homengem ao jogador de futebol do Santos e da Seleção brasileira , e natural desta pequena cidade. E foi nessa praça que tiramos a foto deste post.

Categorias:Uncategorized